Todo carnaval tem seu fim

O carnaval significa a festa de adeus a carne, o que indica seu nome, do latim "carnis levale". Para a sua preparação havia uma grande concentração de festejos populares. Cada lugar e região brincava a seu modo, geralmente de uma forma propositadamente extravagante, de acordo com seus costumes.

Por ter sido adotada pela Igreja Católica em 590 d. C., o fim do carnaval passou a marcar o início da quaresma, um momento de muita reflexão e sem as extravagâncias do carnaval.